Ser ou não ser Design?


Muita gente me pergunta sobre o que é ser design, como é a profissão, como é o mercado, quanto se ganha, etc.... Na real é uma profissão muito interessante, lidamos com muita coisa diferente para a maioria das pessoas comuns. Digamos que a rotina não é... entendiante, porém se você não é engajado nas novidades, não gosta de pesquisa, não lê, é acomodado, e não vai além de ficar sentado na frente do computador... hum você terá alguns problemas.

Ser design vai além do que ter " bom gosto", isto não define um bom profissional, afinal você não vai desenhar pra você, nem só para sua galera, que curte o que você faz. Você vai desenhar pra pessoas que você nunca viu na vida, vai ter que entender de estilo de vida, de ergonomia, opa, ergo o quê? (depois a gente te explica), vai ter que entender de comportamento de materiais, de conforto, de que nem sempre o que você quer é possível fazer, vai ter que corre atrás de mão de obra ( e não tá fácil), coordenar cores e o pior de tudo na minha opinião: os custos. Equilibrar tudo isto numa equação que se resume a baixo custos para termos preços acessíveis.

Ah, mas é só dor de cabeça? Não tem a parte boa, depois de muita correria, choro e a tal dor de cabeça, o bom de tudo é ver o produto pronto na vitrine, na prateleira, no site, no instagram, no facebook, seja lá onde for seu canal de vendas.

Em resumo ser design é ser persistente, é ter amor a profissão, é fazer com o coração o que se escolheu como missão de vida, é ter empatia com o próximo, ter vontade de fazer diferente sempre, é deixar sua marca no mundo. Ser único e igual, se superar e ser superado todos os dias, mas antes de tudo é ser você com erros e acertos. Pesquise para conhecer, mas não copie como se fosse seu, tente ver por outros ângulos, descubra outro lado que ninguém viu, é difícil? Sim, mas é sua função, é o encanto de ser único!

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo